Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Ceará: médicos aprovam contraproposta sobre PCCS



12/09/2008
Os médicos servidores do Estado do Ceará aprovaram, em assembléia geral da categoria realizada na última quarta-feira (10/09), a contraproposta apresentada pelo governo, que prevê a elaboração de um Plano de Cargos, Carreiras e Salários específico para o médico e um salário-base de R$ 2.296,00, retroativo a primeiro de setembro. Ainda de acordo com a proposta do executivo, as gratificações incidirão sobre 50% do vencimento base agora em setembro, 80% em 2009 e 100% em 2010.

Durante a assembléia, que reuniu mais de 100 profissionais no auditório do Conselho Regional de Medicina, os médicos deixaram claro que, apesar do aumento do salário-base ter sido de 238% (o inicial hoje é de R$ 679,15), a proposta apresentada ainda não foi considerada a ideal, mas a categoria considera que "já é um primeiro passo para o resgate da dignidade profissional". Os médicos entenderam ainda que a elaboração de um PCCS diferenciado também foi uma conquista "valiosíssima".

Como as negociações com o governo ainda não foram concluídas, os médicos decidiram continuar discutindo o restante da formatação do PCCS e as questões do enquadramento, pontos que podem proporcionar melhorias sobre o salário dos médicos. O governo garantiu, durante as negociações, que os qüinqüênios (tempo de serviço) já adquiridos vão continuar incidindo sobre o salário-base.

Até o dia primeiro de outubro, o governo deverá apresentar uma minuta do PCCS, enviando a proposta logo em seguida para apreciação e aprovação da Assembléia Legislativa.

Outros pontos da proposta apresentada pelo governo do Estado aprovadas na assembléia:

- os níveis salariais diminuem de 30 para 15, com interstício de 5%;

- o percentual de gratificações será reduzido em 50%;

- garantia de que as gratificações (RV, GED e titulação) serão consideradas para a aposentadoria, desde que contribuindo nos últimos cinco anos;

- aposentados e pensionistas terão isonomia, com direito ao mesmo plano;

- gratificações de titulação, GED e RV dos recém-concursados serão retroativos à data da posse;

- estão incluídos também nessa proposta os médicos da Secretaria de Ação Social, Secretaria de Justiça, Polícias Civil e Militar, Bombeiros, IPEC, Detran e Dert.
Fonte : Imprensa Sindmed Ceará, com edição de Imprensa Fenam



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1178 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)