Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Supremo italiano concede a obesos direito de pens?o por invalidez



15/09/2004
ROMA - O Tribunal Supremo italiano decidiu que a obesidade ? uma doen?a que d? direito a pens?o por invalidez, informam hoje os meios de comunica??o italianos.



Os ju?zes do Tribunal rejeitaram os par?metros utilizados desde 1992 pelo Minist?rio da Economia para medir o grau de invalidez dos obesos.



A senten?a se refere ao caso de uma italiana chamada Rita, com 1,5 metro de altura e 130 quilos de peso, a quem o Minist?rio tinha negado a pens?o por invalidez, embora no relat?rio um dos t?cnicos houvesse dito que a mulher padecia de "uma obesidade com aspecto "elefantis?aco" nas pernas".



Por tratar-se de uma senten?a do Supremo, ela se aplica a todas as pessoas na mesma situa??o (h? um milh?o de obesos na It?lia).



"? necess?rio avaliar esta disfun??o de modo diferente dos limites que hoje est?o em vigor e atribuir uma maior percentagem (da pens?o por invalidez) a quem n?o tem equil?brio entre a altura e o peso corporal", diz a senten?a do Supremo.



O ex-presidente da Sociedade Italiana contra a Obesidade Ottavio Bosello disse ? imprensa que se trata de uma "senten?a muito importante que relaciona a obesidade como uma doen?a, por isso demonstra que estar gordo n?o significa ter pecado na gula, mas sofrer problemas s?rios".



Segundo dados do Instituto Nacional de Estat?sticas divulgados h? dois anos, na It?lia 7,3% da popula??o s?o obesos, o que, para Bosello, ? uma cat?strofe, porque n?o se v?em sintomas de uma mudan?a nos estilos de vida.
Fonte : Ag?ncia EFE



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 697 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)