Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Artigo: "A verdade sobre os planos de sa?de"



21/07/2004
A verdade sobre os planos de sa?de


Dr. Mario Antonio Ferrari (*)





As operadoras e seguradoras de planos de sa?de acumulam, historicamente, altos lucros com a gest?o do "neg?cio" sa?de. S?o empresas com fins lucrativos. Todos percebemos o quanto esses planos reajustaram suas mensalidades nos ?ltimos anos, e n?s consumidores ficamos ? merc? dessa pol?tica neoliberal imposta por quase uma d?cada.





O que pouco se fala ? que, nesse per?odo, os m?dicos nada receberam em contrapartida, se levarmos em conta os alt?ssimos percentuais praticados pelas operadoras contra os usu?rios desses planos.





Hoje, os planos de sa?de pagam por uma consulta m?dica pouco mais que um corte de cabelo em um sal?o simples. Para que se tenha id?ia do absurdo do descompasso imposto aos m?dicos pelas operadoras, basta que se diga que uma cirurgia de ap?ndice complicada, incluindo opera??o e visitas por per?odo prolongado, est? sendo remunerada pelo mesmo valor de tr?s horas de trabalho em oficina mec?nica para conserto de autom?vel (sem incluir pe?as).





Diante dessa situa??o insustent?vel, a classe m?dica se mobilizou para preservar a dignidade do ato m?dico. Sabemos que somos respons?veis pelo cuidado e preserva??o do bem maior - a vida.





Como fazer frente ?s necessidades de aperfei?oamento constante que permitam prestar um servi?o de qualidade, individualizado, dentro das normas de boas pr?ticas da Medicina, se as operadoras nos encaram como inimigos e n?o valorizam o seu maior patrim?nio, os profissionais que, com seu trabalho e suor, garantem lucros astron?micos para essas empresas?





Nos ?ltimos dias, percebemos que as operadoras est?o lan?ando m?o da velha t?tica de dividir para enfraquecer. Seguradoras de sa?de est?o encaminhando correspond?ncia para seus clientes, informando que haver? reajuste da ordem de 80% a 100% nas mensalidades.


Querem, com isso, transferir a responsabilidade desse vergonhoso assalto ao bolso do segurado, insinuando que tal aumento se deve ao elevado custo da medicina moderna.





Jogam mais uma vez o cliente contra o m?dico, procurando coloc?-lo como bode expiat?rio pela incessante busca do lucro sem limites praticados pelas operadoras de sa?de. N?o podemos, classe m?dica e usu?rios de planos de sa?de, cair nessa emboscada. Vamos divulgar essa verdade e estimular a uni?o dos consumidores, buscando apoio nos ?rg?os de defesa do consumidor.





Os Procon?s brasileiros j? se manifestaram contra os aumentos abusivos. Pretendem abrir processo administrativo e propor uma a??o judicial questionando a eleva??o unilateral imposta pelas operadoras e seguradoras, uma vez que os consumidores n?o t?m acesso nem clareza quanto aos custos aplicados.





Outro exemplo dessa busca insana por lucros ? a pol?mica provocada pela suspens?o do programa do governo federal de migra??o dos planos de sa?de para os contratos firmados at? 31 de dezembro de 1998. A Ag?ncia Nacional da Sa?de (ANS) est? brigando na Justi?a para que seja revista a suspens?o. A adapta??o dos planos antigos ? que nada mais ? do que um alinhamento de pre?os nas mensalidades por conta dos custos m?dico-hospitalares, de acordo com as operadoras ? acarretaria aos usu?rios reajustes de at? 25%. Para os novos contratos foi autorizado um aumento de 11,75%.





Vamos defender nossos direitos - os m?dicos querem ter a garantia do exerc?cio profissional em condi??es dignas de remunera??o e valoriza??o do ato m?dico ? e os nossos pacientes devem exigir das operadoras de planos de sa?de e dos ?rg?os governamentais a garantia da melhor assist?ncia sem imposi??o de reajustes incompat?veis com o momento econ?mico que vivemos. Essa ? a grande verdade sobre os planos de sa?de que a sociedade precisa saber.





(*) Dr. Mario Antonio Ferrari ? psiquiatra, presidente do Sindicato dos


M?dicos no Estado do Paran?, membro da Comiss?o Nacional de Honor?rios M?dicos e diretor de assuntos jur?dicos da Federa??o Nacional dos M?dicos (Fenam).





Fonte :



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 679 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)