Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Hospital do Rio inaugura núcleo para videoconferência e transmissão de cirurgia



31/10/2013
O Rio de Janeiro ganhou mais um núcleo da Rede Universitária de Telemedicina (Rute) hoje (30) com a inauguração de um ambiente multimídia no Hospital Federal dos Servidores do Estado (HFSE), no centro da capital fluminense. A nova estrutura permite a transmissão de cirurgias, palestras, teleconsultas e cursos de capacitação, entre outras atividades, para troca de conhecimento entre hospitais universitários e outras instituições de ensino e pesquisa do país e do exterior.

No Rio, existem quase 30 núcleos da rede, onde são feitas videoconferências e atividades para a formação profissional continuada. Além do HFSE, que é o primeiro dos seis hospitais federais no estado a integrar a rede, também foram inauguradas hoje dois núcleos em Manaus e um em Belo Horizonte. Com isso, sobe para 82 o número de unidades que integram a rede, incluindo hospitais universitários e de ensino.
O diretor do Departamento de Gestão Hospitalar no Rio de Janeiro, do Ministério da Saúde, João Ramalho Alves, informou que os outros cinco hospitais federais no estado já contam com ferramentas de tecnologias da informação necessárias para teleconferências de alta resolução e que, em 2014, todas as unidades estarão integradas à Rute. "Vamos começar por aqui com um trabalho piloto para que possamos aprender e integrar os demais hospitais no médio prazo", explicou.

Para o diretor do HFSE, Miguel Monteiro, a rede é fundamental para a pesquisa e a educação continuada. "Já imaginou assistir a uma operação realizada em Manaus e vice-versa, em tempo real? Então é mais uma inovação do Hospital dos Servidores, que é pioneiro no país e na América do Sul na residência médica, e para a educação continuada é mais um gol deste hospital, que faz 66 anos de idade este mês", comentou.

Além da sala de videoconferência com capacidade para 25 pessoas, há um equipamento móvel capaz de se deslocar para a pediatria, o centro cirúrgico e o auditório principal, para permitir a transmissão a partir de outros locais.

A coordenadora do Núcleo de Telessaúde do HSFE, Ana Guedes, explicou que, a partir do ano que vem, a unidade vai oferecer para a rede grupos de discussão em segurança do paciente, infecções congênitas materno-infantil e doenças infecciosas e parasitárias, em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a Universidade da Califórnia.

A Rute é coordenada pela Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovação (MCTI), e integra o Programa Telessaúde Brasil Redes, do Ministério da Saúde. Além dos médicos, podem participar do programa, enfermeiros, estudantes de medicina, odontólogos e profissionais da saúde em geral, ligados a 300 instituições nacionais e internacionais.
Fonte : Agência Brasil



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 954 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)