Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Para a FENAM, novo rol de cobertura dos planos de saúde é benéfico entre aspas


Foto: Internet
Para a FENAM, novo rol de cobertura dos planos de saúde é benéfico entre aspas
O principal destaque é a inclusão de tratamento para o câncer em casa, com medicação via oral.


22/10/2013
Para a Federação Nacional dos Médicos (FENAM), o novo rol de cobertura a ser oferecido pelos planos de saúde é benéfico entre aspas. O secretário de saúde suplementar da FENAM, Márcio Bichara, alerta que as operadoras deveriam cobrir todos os procedimentos legalizados e que essa última ampliação ainda trará impacto com reajuste na mensalidade. O anúncio da cobertura foi feito nesta segunda-feira (21) pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS) e pelo Ministério da Saúde.

"O novo rol não é benefício plus, nos baseando que depois isso vai ser computado no aumento do valor pago ao plano de saúde. A operadora não está fazendo mais que a sua obrigação e vai cobrar depois. Para o movimento médico, não deveria existir limitação, o paciente deveria ter direito ao máximo".

Segundo o novo rol, que valerá a partir de janeiro, os beneficiários terão direito a mais 87 procedimentos, incluindo 37 medicamentos orais para o tratamento domiciliar de câncer e novos exames. Outras novidades são a cobertura para consulta com fisioterapeuta, o aumento do número de consultas e sessões com fonoaudiólogos, nutricionistas, psicólogos e terapeutas ocupacionais.

Foram incluídas cirurgias por videolaparoscopia, tratamento de dores crônicas nas costas utilizando radiofrequência, tratamento de tumores neuroendócrinos por medicina nuclear, entre outros. A mudança também traz ampliações para a área odontológica.

O secretário de saúde suplementar da FENAM ainda lamentou que o rol não englobe todos os tipos de transplantes. "Todos os procedimentos de alto custo feitos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) tinham que ser feitos também pelas operadoras de planos de saúde", concluiu.

Acesse à lista completa dos novos procedimentos.
Fonte : Fernanda Lisboa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1040 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)