Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RN: médicos participam do Dia Nacional de Protesto convocado pela FENAM


Foto: SinMED/RN
RN: médicos participam do Dia Nacional de Protesto convocado pela FENAM



09/10/2013
Durante a tarde desta terça-feira (8) os médicos do Rio Grande do Norte realizaram uma manifestação contra a precariedade da saúde pública e do trabalho médico e a Lei de Conversão 26 (MP 621), que trata do programa Mais Médicos e coloca em risco a qualidade do atendimento médico para a população.

A concentração começou às 16h e agregou um número significativo de profissionais que questionam a medida ditatorial do governo em retirar dos Conselhos Regionais de Medicina (CRMs) a autonomia para a concessão dos registros médicos, desempenhando uma medida política e eleitoreira, sem pensar nos riscos que pode causar a população brasileira.

"Ninguém sabe se este médico que vem de fora tem mesmo o diploma de medicina. Porque o órgão de revalidação do diploma é político. O Ministério da Saúde tem travado apenas relações políticas e não está pensando no bem da população", afirma a médica Sônia Godeiro.

Dra Mônica Andrade, vice-presidente do Sinmed RN, declarou que "os médicos estão morrendo angustiados por não conseguirem cuidar do seu povo". E complementou: "Estamos nas ruas em defesa da profissão médica, da categoria e da saúde digna para os brasileiros".

No último dia 04/10 a Fenam divulgou uma carta esclarecendo a população sobre as contradições do Mais Médicos e os riscos assumidos pelo governo federal ao propor que médicos - sem domínio da língua portuguesa - atendam a população. Cobram ainda a oferta de condições de trabalho e de atendimento, o aumento dos investimentos em saúde (10% da receita bruta); pedem isonomia no valor pago em bolsa ao médico residente brasileiro, que recebe atualmente R$ 2,9 mil por 60/h, enquanto os profissionais do programa são remunerados com R$ 10 mil, para a realização da mesmas atribuições, com carga horária de 40h.

Em uma das falas dos manifestantes, foi citado um pensamento do líder espiritual e pacifista indiano, Mahatma Gandhi:

"Primeiro eles te ignoram, depois riem de você, depois brigam, e então você vence."
Fonte : SinMED/RN



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 827 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)