Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

A Câmara vai ouvir novo diretor da ANS sobre omissão de atuação em mercado privado



16/09/2013
A Comissão de Defesa do Consumidor realiza audiência pública nesta quarta-feira (18) para esclarecer a notícia de que o novo diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS), Elano Rodrigues Figueiredo, omitiu de seu currículo que trabalhou como advogado de um plano privado de saúde. A audiência foi solicitada pelo deputado Ivan Valente (PSol-SP).

Elano Rodrigues Figueiredo foi sabatinado e teve seu nome aprovado pelo Senado em julho, mas o currículo enviado aos senadores omitiu a sua atuação em favor da operadora de saúde HapVida. Essa empresa funciona no Nordeste, vendendo planos de saúde para as classes C e D, e está em 18º lugar entre as 100 operadoras com mais queixas dos consumidores.

Em declarações à imprensa, Figueiredo disse que não citou as operadoras para as quais trabalhou por questão de sigilo profissional. O caso já está sendo investigado pela Comissão de Ética da Presidência da República.

A audiência será realizada às 11 horas, no Plenário 5.

Entidades Médicas Nacionais pedem afastamento de diretor da ANS que omitiu ligação com planos de saúde


12/08/2013
As entidades médicas nacionais, Associação Médica Brasileira (AMB), Conselho Federal de Medicina (CFM) e Federação Nacional dos Médicos (FENAM), vêm a público solicitar a anulação da sabatina no Senado Federal e da consequente nomeação pelo Governo Federal do Sr. Elano Rodrigues Figueiredo ao cargo de diretor da Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS).

Conforme amplamente divulgado pela mídia, o diretor nomeado da ANS omitiu sua atividade de prestador de serviços e funcionário de plano de saúde, o que configura grave conflito de interesse para o exercício da função na agência reguladora.

Na condição de diretor jurídico de operadora de plano de saúde, além de mover ações contrárias aos direitos dos pacientes e a favor de exclusões de coberturas de atendimento, foi autor de denúncias contra entidades médicas, levadas à Secretaria de Direito Econômico do Ministério da Justiça, no sentido de cercear o direito de mobilização dos profissionais de medicina por honorários dignos.

Neste sentido, solicitamos à Exma. Ministra Chefe da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; ao Ilmo. Sr. Presidente da Comissão de Ética Pública da Presidência da República, Américo Lacombe; e ao Exmo. Presidente da Comissão de Assuntos Sociais do Senado Federal, Senador Waldemir Moka, a anulação da sabatina no Senado e o afastamento imediato do Sr. Elano Rodrigues Figueiredo do cargo de diretor da ANS.

Brasília, 12 de agosto de 2013

AMB, CFM e FENAM
Fonte : Agência Câmara



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 941 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)