Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

FENAM e Central dos Trabalhadores do Brasil discutem imposto e unicidade sindical


Foto: Viviana Lira
FENAM e Central dos Trabalhadores do Brasil discutem imposto e unicidade sindical
Outras centrais sindicais serão procuradas para discutir os mesmos pontos e a partir disso caberá aos sindicatos e Federação a escolha da central.


22/03/2013
O presidente da Federação Nacional dos Médicos (FENAM), Geraldo Ferreira, e o Secretário de direitos humanos, José Murisset se encontram na manhã de hoje, em São Paulo, com o presidente da Central dos Trabalhadores do Brasil (CTB), Wagner Gomes. O objetivo do encontro foi discutir dois aspectos de relevância no que se diz respeito ao grau da organização sindical brasileira: imposto e unicidade sindical.

O presidente da Federação menciona a importância desses dois aspectos, "alguns sindicatos sobrevivem desse imposto, porém são sindicatos reais com representatividade, em relação a unicidade sindical, posso afirmar que a CTB está correta, pois temos que evitar a pulverização de criação de sindicatos".

Wagner Gomes aponta que as bandeiras da Central: plural, democrática e as de luta são primordiais para reforçar as conquistas políticas, "através de uma posição firme da CTB, e de uma consulta documentada vamos ampliar a participação dos sindicatos. Essa conquista é o nosso próximo desafio".

Na ocasião, ficou claro a Fenam está retomando uma parceria de 4º grau na organização sindical brasileira, "dessa forma vamos completar a nossa filiação desde a base até o topo, que começa pelos sindicatos, depois Federação (FENAM), confederação (CNTU) e a central sindical (no caso a CTB)", explicou José Murisset.

Primeiro, toda essa discussão passará por incentivos aos sindicatos filiados à Fenam para que os mesmos se sintam livres e façam uma escolha da central sindical que melhor for conveniente. "Entendemos que os sindicatos têm que se convencer para aderir a esta filiação para depois a Federação escolher a sua de forma definitiva".

Alguns sindicatos já são filiados a uma central, outros ainda discutem a possibilidade como o sindicato do Rio Grande do Norte, Espírito Santo, Ceará entre outros.

Outras centrais sindicais serão procuradas para discutir os mesmos pontos e a partir disso caberá aos sindicatos e Federação a escolha da central.
Fonte : Viviana Lira



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 800 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)