Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

PE: sindicato intensifica debates com os médicos do ESF/Recife


Foto: SIMEPE
PE: sindicato intensifica debates com os médicos do ESF/Recife
Os médicos do ESF cobraram providências dos gestores municipais e apontaram precariedade de infraestrutura das unidades.


18/03/2013
Com objetivo de discutir a qualidade do trabalho médico, a mobilidade interna e educação permanente, representantes do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe) e médicos do Estratégia de Saúde da Família do Recife (ESF) estiveram reunidos na última quinta-feira (14), no auditório do Memorial da Medicina, bairro do Derby.

Os profissionais fizeram intervenções e questionamentos sobre a situação das unidades de saúde, denunciando uma série de problemas que enfrentam no dia a dia, bem como a insegurança nos postos de trabalho. Surgiu durante a reunião a proposta de dar mais visibilidade ao trabalho realizado pelos médicos de família.

Os médicos do ESF cobraram providências dos gestores municipais e apontaram precariedade de infraestrutura das unidades, crises de desabastecimento de medicamentos, carência de recursos humanos em todas as áreas profissionais de saúde, falta de recursos de apoio diagnóstico ( exames laboratoriais, imagem e outros de maior complexidade).

Além disso, denunciaram as marcações de longa espera ou inexistentes para diversas especialidades de acordo com o distrito, principalmente neurologia, nefrologia, reumatologia, ortopedia, psiquiatria, urologia, dentre outros.Outro problema apontado pela categoria ESF diz respeito a irregularidade no fornecimento ou falta de medicações, de impressos, desde simples receituários, até os de controle especial e notificação B, variando conforme o distrito sanitário. "Todas essas questões põem em risco o usuário e o trabalho desenvolvido pelos médicos ao longo do tempo na assistência ao hipertenso, ao diabético, portadores de hanseníase, planejamento familiar, entre outros", ressaltou o presidente do Simepe, Mário Jorge Lobo.

Mário Jorge destacou, ainda, que é hora de mobilização, de qualificar e ampliar os debates, inclusive lembrou que, no próximo mês de maio, começam as assembleias, as estratégias de campanha, para que seja montada uma Pauta de Reivindicações, com itens sobre condições de trabalho, reajuste salarial e Plano Cargos, Carreira e Vencimentos (PCCV). Por sua vez, as negociações da Campanha Salarial de 2013, com a Prefeitura do Recife começam em junho próximo. Até lá, o Simepe vai avançar e, ao mesmo tempo, intensificar as reuniões setoriais com os médicos do ESF e demais médicos do SUS Recife. O questionário de avaliação será disponibilizado no portal do Simepe www.simepe.org.br) nos próximos dias.
Fonte : N



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 897 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)