Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Comitiva da FENAM vistoria a situação do trabalho médico em Salvador


Foto: Fernanda Lisboa
Comitiva da FENAM vistoria a situação do trabalho médico em Salvador
A grande bandeira de luta da entidade é a desprecarização do trabalho médico e assim, poder proporcionar um atendimento digno à população.


14/03/2013
Nesta quinta-feira (14), representantes da Federação Nacional dos Médicos (FENAM) vistoriaram a situação de trabalho dos colegas e o atendimento da população em Salvador (BA). A Maternidade de Referência Prof. José Maria de Magalhães Netto recebeu uma atenção maior da comitiva devido à greve dos médicos que se iniciou há 12 dias. Os profissionais reivindicam o direito de ter carteira assinada, piso FENAM e melhores condições para trabalhar. O presidente do Sindicato dos Médicos da Bahia (Sindimed-BA), Francisco Magalhães, vem acompanhando as tentativas de negociação desde o início.

"Fico emocionado de acompanhar essa luta! Precisamos acabar com a precarização, pois os nossos colegas estão ficando doentes. Nós queremos contratação legal e reajuste. O governo não faz concurso e está privatizando tudo. O sindicato vai pra mídia para que todos saibam que temos representação", desabafou. Confira ao depoimento na FENAM TV!

A unidade está sendo gerenciada pela Santa Casa de Misericórdia da Bahia sob gestão em Organização Social. Os grevistas continuam atendendo os pacientes de alto risco e se não chegarem a um acordo pretendem renunciar ao trabalho. Eles vão esperar a resposta de sua pauta e fazer uma nova assembleia para decidir os rumos do movimento. A maternidade foi inaugurada em 2006 e atualmente conta com 280 leitos e uma assistência de ponta.

Desde o início da gestão do atual presidente da FENAM, Geraldo Ferreira, uma Comissão de Direitos Humanos vem visitando as urgências e emergências dos hospitais de algumas capitais do Brasil. A grande bandeira de luta da entidade é a desprecarização do trabalho médico e assim, poder proporcionar um atendimento digno à população. Na ocasião, foi enfatizada a importância da união da classe médica e o incentivo de ação a todos os sindicatos.

"Nós nos deparamos com a violação dos direitos humanos da sociedade e os médicos também estão sendo desrespeitados. Não podemos nos acomodar e perder as esperanças. Nós estamos juntos nessa luta, prestando solidariedade e oferecendo a assistência que for preciso", enfatizou Ferreira. Assista na FENAM TV !

O diretor da maternidade, Carlos Amaral, recebeu a comitiva da FENAM ao final da visita. As visitas aos hospitais dão base a documentos que servem de denúncia e pressão para que devidas providências sejam tomadas.

Fizeram parte da comitiva: Otto Batista (ES), José Roberto Murisset (SP) Mário Vianna (AM), Iron de Bastos (GO), Manoel Marques de Melo (RN), José dos Santos Menezes (SE), José Maria Pontes (CE), José Tarcísio da Fonseca (CE), Mário Ferrari (PR), e Deoclídes Cardoso (BA).
Fonte : Fernanda Lisboa



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1293 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)