Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

BA: justiça impede privatização do Hospital Esaú Matos em Vitória da Conquista


Foto: Divulgação/Internet
BA: justiça impede privatização do Hospital Esaú Matos em Vitória da Conquista
Juiz julgou contra a entrega da administração do hospital a uma fundação pública e de direito privado.


03/12/2012
Em decisão do juiz Ricardo Frederico Campos, da Comarca de Anagé, o Sindimed e Comitê de Entidades saíram vitoriosos contra a privatização do Hospital Esaú Matos, na cidade de Vitória da Conquista. O juiz julgou procedente o pedido do Ministério Público Estadual, em Ação Civil Pública, contra a entrega da administração do hospital a uma fundação pública e de direito privado.

"Uma decisão que repercutiu em todo o país e com certeza vai contribuir em muito para impedir outras atividades semelhantes de gestores que insistem em agredir o Sistema Único de Saúde. Lutamos por um SUS fortalecido que tenha recursos bem aplicados e consiga cumprir o seu papel de garantir uma saúde pública de qualidade para todos", afirmou o diretor do Sindimed na Região Sudoeste I, Luiz Carlos Almeida (Dr. Almeidinha).

Agora as atenções do Comitê de Entidades, que reúne importantes representações da Sociedade organizada de Vitória da Conquista, vai aprofundar os debates sobre as causas desta grave crise que vive o Sistema de Saúde do município e como reconduzi-lo para o que era antes.

O Sindimed, juntamente com o Comitê de Entidades, solicitou algumas audiências com o Ministério Público para verificar in loco a atual situação bem como solicitar à Secretaria de Saúde os dados dos índices de saúde do município nos últimos 10 anos principalmente no que se refere a mortalidade materno infantil.

Hospital de Base
Outra situação grave é a do Hospital de Base, onde o Sindimed, juntamente com o Ministério Público do Trabalho, Sindsaúde-Ba e CREMEB, pretende fazer um levantamento naquela unidade, tal sua importância para a comunidade local e regional.

"Esperamos contar com a contribuição da Secretaria de Saúde e da Dires no fornecimento das informações. Pretendemos juntamente com estas Entidades contribuirmos para fazermos um verdadeiro Raio-X da situação de saúde do nosso município. E dessa forma apontar soluções e pressionarmos o poder público a implementá-las. Não podemos aceitar passivamente que a saúde da população permaneça em total descaso", disse Dr. Almeidinha.
Fonte : Sindimed-BA



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 2084 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)