Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Países assinam acordos para controle de doenças


Foto: Divulgação/internet
Países assinam acordos para controle de doenças
Mercosul prevê estratégia para controle e prevenção de doenças


20/11/2012
Documentos firmados por ministros da Saúde do Mercosul preveem estratégias conjuntas para o fortalecimento do controle e prevenção de doenças como aids e dengue na região

Os Ministérios da Saúde do Mercosul assinaram, no Palácio Piratini em Porto Alegre (RS), sete acordos que estabelecem ações integradas para o controle e prevenção de doenças (veja quadro abaixo). Os documentos visam contribuir para a diminuição no número de casos e óbitos da Leishmaniose, Tuberculose, Dengue, HIV/AIDS e Doenças Crônicas Não Transmissíveis na região.

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, destaca a importância das iniciativas. "Os Ministérios da Saúde dos países membros e associados do Bloco se comprometem de maneira inovadora a estreitar ainda mais seus laços, para ampliar a qualidade da saúde de suas populações", observa o ministro.

Durante a Reunião, Padilha apresentou os resultados do Plano Brasileiro de Ações Estratégicas para o Enfrentamento das Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNT), lançado no ano passado. As DCNT (diabetes, câncer, doenças cardiovasculares e respiratórias crônicas, entre outras) são responsáveis por 72% das mortes no Brasil. O objetivo do Plano é diminuir 2% o número total de mortos por esse grupo de doença em 10 anos.

A reunião, que ocorreu na última quinta-feira (15) contou também com a entrega da Presidência Pro Tempore, ocupada anteriormente pelo Brasil, ao Uruguai. Estiveram presentes no evento delegações da Argentina, do Brasil, do Chile, do Peru e do Uruguai.

10º. CONGRESSO DA ABRASCO - Durante sua visita em Porto Alegre, o ministro participou da abertura do 10ª Congresso da Associação Brasileira de Saúde Coletiva, no Salão de Atos da Pontifícia Universidade Católica (PUC-RS). Padilha lembrou que o evento é fundamental para a reflexão sobre o panorama atual e futuro da Saúde Pública no Brasil e destacou ações importantes no Sistema Único de Saúde, nos últimos anos, como a redução da mortalidade infantil, do número de pessoas infectadas por tuberculose e a ampliação do acesso aos medicamentos para HIV/AIDS.

Na ocasião, o ministro entregou a diretora da Organização Pan-Americana de Saúde (Opas), Mirta Roses, a Medalha Brasileira de Honra ao Mérito Médico, em razão dos seus serviços prestados à saúde pública nas Américas.

Acordos assinados pelos Ministérios da Saúde do Mercosul

ESTRATÉGIA REGIONAL PARA O CONTROLE DA TUBERCULOSE NO MERCOSUL

O acordo visa a implementação de uma estratégia regional de controle da Tuberculose nos estados membros e associados do Mercosul, que contemple a garantia ao acesso ao diagnóstico e ao tratamento da doença em todos os países do bloco. O documento salienta também a necessidade de iniciativas que visem à prevenção e controle da doença.

PLANO DE FORTALECIMENTO DAS ESTRATÉGIAS DE GESTÃO INTEGRADA PARA A PREVENÇÃO E CONTROLE DA DENGUE NO MERCOSUL

O Plano visa, entre outros objetivos, fortalecer ações de prevenção e controle da dengue em áreas de fronteira no Mercosul, além de melhorar o sistema de vigilância e qualificar a atenção prestadas ao paciente com a doença.

ESTRATÉGIA REGIONAL DE VIGILÂNCIA E CONTROLE DAS LEISHMANIOSES NO MERCOCUL

O documento prevê, entre outras ações, o intercâmbio de conhecimento e de informações epidemiológicas para o controle e vigilância das Leishmanioses nos países do Bloco, além de fortalecer a capacidade dos Estados Partes e Associados do bloco para o diagnóstico laboratorial das doenças.

FORTALECIMENTO DAS AÇÕES DE SAÚDE EM HIV/AIDS PARA AS PESSOAS PRIVADAS DE LIBERDADES NO MERCOSUL

O acordo firmado entre os Ministérios da Saúde dos países membros e associados do Bloco prevê ações conjuntas para garantir o direito à saúde de qualidade às pessoas privadas de liberdade, levando em consideração as populações especialmente vulneráveis, com a perspectiva de inclusão de doentes mentais e dependentes de drogas.

INCLUSÃO DE META DE DCNTs NOS OBJETIVOS DO MILÊNIO E DA OMS EM 2013 E APOIO AOS PLANOS DE AÇÃO GLOBAL, REGIONAL E NACIONAL

Os Ministérios da Saúde do Bloco preveem, entre outras ações, a inclusão de metas das DCNT nos Objetivos do Milênio e na Assembleia Mundial da Saúde, além de buscar um aprofundamento na cooperação internacional entre os países para a vigilância, prevenção, promoção de saúde e reorientação dos serviços para o controle das DCNT.

DESENVOLVIMENTO DAS AÇÕES DO PROJETO PREVENÇÃO, ATENÇÃO E APOIO EM HIV NOS ESPAÇOS FRONTEIRIÇOS DO MERCOSUL.

O objetivo do acordo é fortalecer a cooperação entre os países para ampliar a prevenção, o apoio e a atenção em HIV nas áreas de fronteira dos países membros do bloco.

DESENVOLVIMENTO DE UM PROJETO DE COOPERAÇÃO TÉCNICA PARA A PREVENÇÃO DA OBESIDADE ENTRE OS ESTADOS PARTES DO MERCOSUL

O documento dá destaque à necessidade da construção de um projeto de cooperação técnica entre os países que levem em consideração os esforços e recursos para propiciar um diagnóstico, planejamento, e reflexão sobre as experiências e estratégias existentes nospaíses para a prevenção e controle da obesidade.
Fonte : Ministério da Saúde



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 904 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)