Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

AL: presidente do sindicato explica acordo com o governo



25/09/2012
Dirigentes do Sindicato dos Médicos de Alagoas se reuniram na tarde terça-feira (25) com o governo do estado para negociar a greve dos médicos legistas do Instituto Médico Legal de Maceió e Arapiraca. Ficou acordado garantir condições mínimas em 30 dias para o funcionamento do IML, salário de 6.100 reais a partir de outubro (atualmente é de 2.600 reais) e o arquivamento dos processos contra o presidente do Sinmed, Wellington Galvão, e outros médicos, como também das multas. Amanhã (26), os grevistas voltam ao trabalho.

"Foi um avanço para o movimento médico, claro que com muita luta. Agradecemos o apoio de todas as entidades médicas que se solidarizaram com a situação", declarou Galvão. Ouça à integra do depoimento à Rádio FENAM.



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 749 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)