Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar




Palavras-chave

Fiocruz e Médicos sem Fronteiras assinam acordo para formação profissional e produção de conhecimento



25/09/2012
A Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e a organização não governamental (ONG) Médicos sem Fronteiras (MSF) assinaram nesta segunda-feira (24) um acordo de cooperação que prevê ações até 2017 nas áreas de atenção à saúde, apoio técnico, qualificação e treinamento, pesquisa operacional e elaboração de material científico.

A cooperação foi oficializada durante o Congresso Internacional de Medicina Tropical e Malária, que termina na quinta-feira (27), no Rio de Janeiro. A coordenadora da ONG Médicos sem Fronteiras no Brasil, Maria Carolina Batista dos Santos, informou que o acordo amplia a parceria existente entre as duas instituições desde 2007, além de incrementar os cursos anuais sobre dengue e doença de Chagas realizados pela Fiocruz desde 2010 para profissionais de saúde da organização.

"No ano passado, 25 pessoas de dez países fizeram o curso na Fiocruz. Este ano, queremos ter a participação de mais pessoas, e a ideia é que esse novo curso também vá até os nossos profissionais em países onde há possíveis epidemias de Chagas e dengue", disse a coordenadora, ao informar que a ONG Médicos sem Fronteiras atua hoje em cerca de 60 países. "Em 100% deles, há doenças endêmicas com as quais a Fiocruz trabalha e acreditamos que, com esse apoio, poderemos atacá-las."

O presidente da Fiocruz, Paulo Gadelha, ressaltou que a experiência de mais de 40 anos da organização em situações de desastres naturais e na vigilância epidemiológica de pandemias e epidemias será muito útil para o Brasil.

"A questão dos desastres é considerada uma das funções essenciais em saúde pública. No entanto, o Brasil ainda está muito pouco aparelhado (…) e a [ONG] Médicos sem Fronteiras tem uma experiência de atuar nessa área, com uma ação ímpar na capacidade operacional e de assistência no campo."

O acordo prevê também a produção de material didático trilíngue (português, inglês e espanhol) impresso e digital para qualificação em dengue, além de ações em conjunto na África, onde as duas entidades realizam trabalhos de assistência e transferência de tecnologia em saúde, sobretudo nos países de língua portuguesa.

Criada na França em 1971 para atender às demandas de populações atingidas por conflitos, epidemias, catástrofes naturais e fome, a ONG Médicos sem Fronteiras recebeu o Prêmio Nobel da Paz em 1999.
Fonte : Agência Brasil



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 848 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)