Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Pneumologistas realizam exames de função pulmonar e fornecem orientação à população na Estação Brás do Metrô



26/06/2012
Ação é parte da campanha mundial de espirometria, que este ano foi vinculada propositalmente ao início dos Jogos Olímpicos para estimular a prática de esportes como meio de prevenção e combate aos males respiratórios

Dia 27 de junho é o Dia Mundial da Espirometria. No mundo inteiro, sociedades médicas promoverão campanhas de alerta sobre a importância da realização deste exame, que mede a capacidade respiratória. Em São Paulo, a ação será coordenada pela Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia (SPPT). Médicos pneumologistas estarão de plantão na estação Brás do Metrô, das 8h às 16h, orientando, tirando dúvidas, distribuindo material informativo e também realizando gratuitamente exames de espirometria para a população.
O exame permite ao médico pneumologista avaliar a saúde dos pulmões por meio de sua capacidade. Esta avaliação é capaz de detectar uma série de doenças respiratórias, algumas bastante graves, como a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC).

"A espirometria é um exame simples e seguro, que deve ser realizado periodicamente após os 40 anos de idade, ou mesmo antes, no caso de tabagistas. Doenças como a DPOC diagnosticadas precocemente podem ser o gatilho para a cessação do tabagismo, o que poderá resultar em menor declínio funcional e melhor prognóstico da doença", ressalta a dra. Sílvia Carla Sousa Rodrigues, presidente do Comitê de Função Pulmonar da Sociedade Paulista de Pneumologia e Tisiologia.

Segundo a especialista, o teste também auxilia no diagnóstico de asma, doenças pulmonares ocupacionais, fibrose pulmonar, entre outras.

Espirometria

"A espirometria é um exame simples, rápido, indolor e, sobretudo, de excelente custo-benefício. Além disso, é capaz de detectar diversos distúrbios pulmonares antes de as pessoas terem limitação grave da função pulmonar, e alterações em outros exames, como a radiografia de tórax", alerta a dra. Mônica Corso, presidente da SPPT. Como os fumantes se habituam a apresentar algum sintoma respiratório, como tosse, secreção, pigarro ou falta de fôlego, realizar uma espirometria é extremamente útil para avaliar se já existe algum comprometimento da função e capacidade pulmonares, ressalta a médica.

O médico pneumologista é o profissional mais capacitado para orientar o paciente sobre a regularidade com que deverá realizar a espirometria, levando em conta sintomas, exame clínico e eventuais patologias já diagnosticadas. É também o pneumologista o único profissional capacitado a avaliar os resultados deste exame. Estudos verificam que a interpretação realizada por outros profissionais chega a um índice de 25% de erro.

Fonte : Acontece Comunicação



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 781 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)