Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Ministro empossa 400 médicos no Rio de Janeiro



27/04/2012
Posse de novos médicos, que serão distribuídos para hospitais federais do Rio de Janeiro e institutos nacionais vai reestruturar e qualificar atendimento à população

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha participou, nesta quinta-feira (26), da posse coletiva de 400 novos médicos aprovados em concurso público realizado em 2010. Os profissionais vão compor a força de trabalho dos hospitais federais do Rio de Janeiro – Andaraí, Lagoa, Ipanema, Cardoso Fontes, Servidores do Estado e Bonsucesso –, além de recompor o quadro do Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia (Into) e do Instituto Nacional de Cardiologia (INC), ambos sediados na capital fluminense. A lista de convocados foi publicada no Diário Oficial da União do último dia 12 de abril. A cerimônia ocorre no auditório do Núcleo Estadual do Rio de Janeiro (Nerj).

"A contratação, autorizada em caráter excepcional pela presidenta Dilma Rousseff, faz parte de um processo de reestruturação que iniciamos no Rio de Janeiro no ano passado. E cada um desses profissionais também deve se empenhar em combater o desperdício de recursos públicos", afirma o ministro da Saúde, Alexandre Padilha.

Entre os 400 novos cargos, 180 serão distribuídos entre os seis hospitais federais. Outras 169 vagas vão para o Into e as demais 51 completarão o quadro do INC. Ao todo, foram convocados profissionais de 49 especialidades diferentes. Entre os novos servidores, 99 são anestesistas, 91 médicos de Urgência, 93 intensivistas, 31 cardiologistas, 19 pediatras e 15 ortopedistas. Os demais dividem-se em diversas especialidades, como Urologia, Anatomia Patológica, Mastologia, Oncologia e Oftalmologia.

No total, já foram convocados pelo Ministério da Saúde 698 profissionais médicos desde o lançamento do edital, em 2010. A pedido do ministro da Saúde, a Presidência da República autorizou a convocação extra destes 400 profissionais. "Com isso, damos mais um importante passo para oferecer à população um serviço de qualidade", afirma o ministro.
Fonte : Ministério da Saúde



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 984 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)