Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Reunião da CAP destaca lei que regula especialidades médicas e PL sobre revalidação de diplomas do exterior


Foto: Márcio Arruda/CFM
Reunião da CAP destaca lei que regula especialidades médicas e PL sobre revalidação de diplomas do exterior
Integrantes da CAP vão buscar a melhor estratégia para alterar a lei que determina que médicos só podem anunciar até duas especialidades


25/01/2012
Integrantes das três entidades médicas nacionais que formam a Comissão de Assuntos Políticos (CAP) - FENAM, Conselho Federal de Medicina e Associação Médica Brasileira -, se reuniram nesta quarta-feira, 25/01, para avaliar os projetos mais importantes para a categoria. O encontro aconteceu na sede do CFM e dois pontos foram destacados: a lei n° 4113, que regula a propaganda de médicos, e o Projeto de Lei n° 399, que dispõe sobre a revalidação de diplomas de medicina obtidos no exterior.

O secretário de comunicação da FENAM, Waldir Araújo Cardoso, explica que a CAP inicia o ano com a demanda de intervir no Congresso para modificar a Lei n° 4113.

"Vamos buscar a melhor estratégia para alterar a lei que determina que os médicos só podem anunciar até duas especialidades. A realidade do país mudou e hoje temos, muitas vezes, de duas a quatro especialidades. O médico necessita dessa permissão para que possa anunciar legalmente suas capacidades", acentuou o dirigente.

Outra questão preocupante durante a reunião foi o Projeto de Lei do Senado, n° 399 de 2011, do senador Roberto Requião (PMDB/PR), que trata da revalidação e o reconhecimento automático de diplomas oriundos de cursos de instituições de ensino superior estrangeiras de reconhecida excelência acadêmica. A CAP apresentou parecer contrário.

"É necessário que o profissional comprove conhecimento suficiente das patologias e doenças existentes no nosso país, para o atendimento correto da população. Para isso, deve-se revalidar o diploma mediante processo", declarou Waldir Cardoso.

Confira na Rádio FENAM !

Com o objetivo de balizar e capacitar os conselheiros para agirem politicamente no Congresso em defesa dos interesses da saúde e da categoria médica, os integrantes da CAP também propuseram ao Conselho Federal de Medicina a realização de um seminário sobre processo legislativo.

A próxima reunião da CAP será realizada no dia 29 de fevereiro.
Fonte : Fernanda Lisboa/RBW, com edição de Denise Teixeira



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1603 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)