Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

AM: Natal dramático para os cooperados da Unimed Manaus



08/12/2011
Dezembro é conhecido como um mês de confraternização, união e prosperidade. É também, um mês de renovação e boas novas. É, mas parece que este Natal está longe de ser lembrado desta forma, já que os médicos da Unimed Manaus receberam um presente "de grego", e após um ano de trabalho todos são surpreendidos a arcar com um prejuízo de R$ 30 milhões, sendo o valor dividido por todos os cooperados, que vão pagar, em aproximadamente 7 meses, R$ 3.500 por mês. Uma divisão nada igualitária, pois verificou-se a tentativa explicita de que os médicos que ganham "mais" pagarão proporcionalmente "menos", e os que recebem remuneração mais baixa e trabalham mais, vão ter que pagar mais, ou seja, foram os maiores penalizados.

A notícia dessa crise sem precedentes na história da Unimed abalou o orçamento dos cooperados que já viviam o arrocho salarial, isso porque os planos de saúde nunca valorizaram os médicos, e vem confiscando o patrimônio do profissional ao longo dos anos.

A situação é preocupante! E o pior é que a diretoria que recebe uma alta remuneração não apresenta soluções a curto, médio e longo prazo. E enquanto isso, a categoria não vislumbra perspectivas de dias melhores.
Inúmeros médicos da Unimed estão procurando o Sindicato dos Médicos do Amazonas para tentar encontrar uma saída para esta situação. O que mais revolta a categoria é que não se observa por parte da diretoria nenhum esforço para reduzir gastos administrativos, ficando sempre as despesas às custas dos próprios cooperados.

Que Natal! Numa época de boas surpresas, as más parecem prevalecer, e pegam os médicos e suas famílias desprevenidas.

Também é importante lembrar, que, até poucos dias atrás a gestão da Unimed afirmava que a cooperativa se encontrava sem dívidas e em crescimento, inclusive, assumiu uma dívida grande na locação de um novo pronto-socorro. Estranhamente a gestão também afirmava que a intervenção da ANS era uma mera rotina, só que agora nós já sabemos que essa intervenção deve permanecer por pelo menos 2 anos, o que não pode ser rotina.

Outra questão é que a gestão permanece liberando informações de forma limitada e/ou de fato sonegando. Nós temos notícias de que várias especialidades estão se reunindo, e apontando como solução o descredenciamento em massa, o que torna a situação ainda mais preocupante.

Por tudo exposto, o Sindicato dos Médicos do Amazonas convoca os médicos para uma reunião extra-oficial, no auditório, Dr. Zerbine, da FCS da UFAM, às 14h, no próximo sábado, dia 10, para que possamos debater de forma democrática a real situação da Unimed e possíveis encaminhamentos diante desta situação.
Fonte : SIMEAM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 852 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)