Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

RN: obstetras e pediatras não vão renovar contratos



01/08/2011
Em reunião realizada dia 28, na sede do Sinmed/RN, os obstetras e pediatras da maternidade Divino Amor, localizada no município de Parnamirim (RN) reafirmam a decisão de parar o atendimento a partir de hoje. "Não estamos nos afastando do trabalho, estamos sendo afastados pela administração da maternidade", ressalva Geraldo Ferreira, presidente do Sindicato dos Médicos do RN.

Deve ser enviado pelo Sinmed RN, um ofício ao Conselho Regional de Medicina do estado (Cremern) solicitando a intervenção ética na Maternidade. Além disso, os médicos encaminharam à Promotoria de Defesa da Saúde de Parnamirim um documento explicando a situação atual da unidade de saúde.

O impasse entre os médicos e a Prefeitura do município começou no mês passado. Os médicos exigem que o valor pago por cada plantão sofra um reajuste de 41,66%, passando de R$ 600 para R$ 850. Médicos e gestores não chegaram a um acordo. Com isso, a partir de agosto, somente os médicos efetivos continuariam atendendo na unidade.

Porém, segundo o Sinmed, há apenas 16 obstetras e 6 pediatras efetivos na maternidade. "Esse número não dá para cobrir a escala de um mês. O Cremern não aceita escalas incompletas", diz Ana Teresa, chefe de obstetrícia da unidade.



Fonte : SINMED-RN



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 882 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)