Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

“Emenda 29 é necessária, mas não resolverá o problema da Judicialização da Saúde”, diz procurador.



13/05/2010
Em entrevista à Rádio FENAM o procurador regional da República, Humberto Jacques de Medeiros, apontou que a regulamentação da Emenda Constitucional 29, que destina mais recursos à Saúde é necessária, mas não implicará na redução da Judicialização da Saúde. Segundo ele os processos que estão na justiça são frutos da falta de eficiência do Sistema de Saúde.

“A judicialização é uma febre, mas não é a doença, é um sintoma de algo errado, que é a deficiência na atenção oferecida ao cidadão. Se nós tivermos uma atuação mais eficiente do poder público a judicialização despencará,” apontou o procurador.

A entrevista foi concedida após a audiência pública que debateu a judicialização da saúde e a regulamentação da EC 29, na última terça-feira (11).

Confira agora na Rádio FENAM!



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1006 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)