Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Atuação em uroginecologia é discutida na Comissão Mista de Especialidades



25/03/2010
A Comissão Mista de Especialidades se reuniu na última quarta-feira (24), na sede do Conselho Federal de Medicina (CFM), para discutir, entre outros temas, a proposta de criação da área de atuação em uroginecologia. A proposta é da Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia (Febrasgo).

O assunto deverá ser levado para a esfera da Associação Médica Brasileira (AMB), para que representantes da Febrasgo e da Sociedade Brasileira de Urologia (SBU) dialoguem. "Convidamos o presidente da SBU, que é contra o surgimento da área de atuação, para participar da reunião. Diante da existência de posições contrárias, é preciso que seja aberta uma discussão", avaliou o conselheiro Antônio Pinheiro, coordenador da Comissão.

Na reunião, a Comissão também decidiu requerer ao plenário do CFM uma reavaliação sobre a resolução do Conselho que trata de medicina hiperbárica.

Além de Pinheiro e do presidente da SBU, Modesto Jacobino, participaram da reunião Carlos Vital Lima (vice-presidente do CFM), Aldemir Humberto Soares (AMB), Edmund Bacarat (AMB), Maria do Patrocínio Nunes (Comissão Nacional de Residência Médica) e Cid Célio Jayme Carvalhaes (Federação Nacional dos Médicos).

Uma nova reunião da Comissão de Especialidades Médicas ocorrerá no dia 21 de maio.
Fonte : CFM



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 994 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)