Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

AL: superlotação e falta de profissionais ainda é um problema na saúde pública



10/03/2010
O Sindicato dos Médicos de Alagoas (SINMED/AL) apresentou nesta quarta-feira (10/03), um relatório sobre as condições de funcionamento e de trabalho médico das emergências e urgências da rede pública de saúde do Estado. O relatório foi apresentado à imprensa, ao Ministério Público Estadual, Ministério Público Federal em Alagoas, Ministério Público do Trabalho em Alagoas, Defensoria Pública Estadual, Tribunal de Justiça de Alagoas e Secretaria de Estado da Defesa Social, com o objetivo de mobilizar e obter apoio na luta por condições éticas para o exercício da medicina.

"É urgente que as instituições às quais, ora, recorremos saiam em socorro dos médicos e da população que depende da saúde pública em Alagoas, sobretudo dos serviços de urgência e emergência," aponta o relatório.

Em entrevista a Gazeta Web de Alagoas, o presidente do Sindicato, Wellington Galvão, falou dos problemas enfrentados pelos profissionais.

Assista ao vídeo:


Fonte : Taciana Giesel



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 884 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)