Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Baixa remuneração oferecida em concurso para médico perito chama a atenção de dirigentes da FENAM



22/01/2010
A remuneração oferecida pelo INSS no concurso para médicos peritos da Previdência chamou a atenção de dirigentes do movimento médico nacional e, mais uma vez, traz à tona a questão do salário mínimo profissional da categoria. O presidente da Federação Médica da Amazônia (FEMAM), Mário Vianna, fez um alerta para o fato de que o INSS está oferecendo remuneração inicial de R$ 3.418,21 mensais para 40 horas semanais de trabalho, o que, de acordo com Vianna, funciona como uma barreira para o salário mínimo proposto pela Federação Nacional dos Médicos. Ele falou sobre o assunto à Rádio FENAM. Ouça

O secretário de Relações Trabalhistas da FENAM, Wellington Galvão, lamentou que o INSS ofereça um salário de menos de R$ 4 mil aos candidatos do concurso para médicos peritos da Previdência. Segundo o dirigente, isso demonstra uma desvalorização da categoria. De acordo com o secretário, é preciso lutar por um salário que seja digno, devido à importância do trabalho médico. Ele considera que o salário mínimo da FENAM, que hoje é de R$ 8.239,24, deve servir como referência em todo o país. Ouça a entrevista que Wellington Galvão concedeu à Rádio FENAM
Fonte : Denise Teixeira e Ana Paula da Fonseca



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 2637 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)