Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Olinda: médicos cruzam os braços



18/01/2010
Médicos da cidade de Olinda, em Pernambuco, paralisaram as atividades nesta quarta-feira, 20/01, nos ambulatórios e nas unidades do Programa de Saúde da Família (PSF).A categoria reclama das péssimas condições de trabalho, das equipes de plantão desfalcadas, sobrecarga de trabalho, baixos salários e da falta de segurança nos postos de saúde e policlínicas.

O vice-presidente do Sindicato dos Médicos de Pernambuco (Simepe), Silvio Rodrigues, e o diretor José Tenório, comentaram as discussões que estão sendo mantidas com a Prefeitura de Olinda desde o ano passado e reafirmaram a disposição de luta e o compromisso da campanha de valorização.

"Em 2009, o movimento médico demonstrou união, coesão e, sobretudo, maturidade. Conquistamos resultados positivos nas negociações com as prefeituras do Recife, Petrolina, Caruaru, Cabo de Santo Agostinho e Jaboatão dos Guararapes. Estamos sempre em busca de respostas eficazes aos desafios que surgem a todo momento", declarou o vice-presidente do Simepe, Silvio Rodrigues

Hoje, o médico diarista ganha cerca de R$ 882,00 de salário-base e incentivo SUS de R$ 110,00. O Simepe encaminhou documento solicitando audiência com o prefeito Renildo Calheiros.




Fonte : Imprensa/Simepe, com edição de Denise Teixeira



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1044 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)