Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Anvisa detecta falhas no processo de esteriliza??o em oito hospitais do Par



18/03/2005
Bras?lia - Falhas no processo de esteriliza??o dos materiais utilizados em cirurgia s?o a principal suspeita da causa de uma infec??o que j? atingiu 52 pessoas em oito hospitais privados de Bel?m. A informa??o ? da Gerente Geral de Tecnologia e Servi?os da Ag?ncia Nacional de Vigil?ncia Sanit?ria (Anvisa), Fl?via Freitas. "A nossa suspeita ? de que houve falhas no processo de esteriliza??o dos materiais utilizados tanto nas cirurgias como em mesoterapia. Ent?o n?s estamos tentando fazer a correla??o para ter uma certeza se a nossa suspeita ser? ou n?o validada", afirmou a gerente.



A Anvisa iniciou na quinta-feira (17) uma vistoria nos hospitais onde os pacientes estiveram internados e o surto j? foi contido. Um exame detectou que a bact?ria respons?vel pelas infec??es ? do tipo Mycobacterium Abscessus, encontrada usualmente no solo e na ?gua. E n?o h? rela??o com a bact?ria causadora da lepra ou da tuberculose, como se suspeitava.



De acordo com Fl?via, as infec??es ocorreram em pacientes submetidos a procedimentos cir?rgicos, em sua maioria relacionados a cirurgias videosc?picas - uma esp?cie de cirurgia por v?deo - e mesoterapia - um procedimento est?tico para elimina??o de gordura. A rea??o ? bact?ria causa uma inflama??o aguda com presen?a de pus no local da cirurgia. At? o momento, nenhuma morte relacionada a isso foi informada.



"J? h? registros no pa?s de que aconteceram casos de infec??es por essa bact?ria. S? que o que aconteceu em Bel?m, em especial, ? que houve um agrupamento maior do que os n?veis esperados", explica Fl?via. A Anvisa acompanha o caso das infec??es no Par? desde dezembro de 2004, quando surgiram os primeiros registros de infec??o com a bact?ria.



Para evitar o surgimento de novos casos, a Anvisa recomenda a limpeza das m?os com ?gua e sab?o, ap?s o contato com locais possivelmente infectados. A ag?ncia tamb?m orientar? as comiss?es de controle e infec??o hospitalar dos hospitais a intensificarem as medidas de preven??o e controle das infec??es e a notificarem a vigil?ncia sanit?ria municipal, se identificarem novos casos. Ap?s a conclus?o das investiga??es, a Anvisa e as vigil?ncias sanit?rias estadual e municipal poder?o elaborar novas regras para os hospitais e programas de capacita??o para prevenir surtos.





Fonte : Ag?ncia Brasil - 18/03/2005



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 601 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)