Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Empresa investe na moderniza??o tecnol?gica da radioterapia



28/01/2005
Com o lan?amento do Primus Essential, a Siemens traz solu??o para o mercado de pequenas e m?dias institui??es de sa?de substituir m?quinas de telecobalterapia



O is?topo radioativo de cobalto (Co 60) ? utilizado em m?quinas de telecobalterapia (tamb?m conhecidas como bombas de cobalto), desde a d?cada de 50, para tratamento de c?nceres. De acordo com uma norma da Ag?ncia Nacional de Vigil?ncia Sanit?ria (Anvisa), atualmente em consulta p?blica, cerca de 40 dessas m?quinas, dentre as 100 instaladas no Brasil, dever?o ser desativadas no prazo de dois anos. Alguns desses aparelhos t?m mais de 30 anos de uso, outros apresentam impossibilidade de receber novas fontes de radia??o, incorporar novas tecnologias ou tratar pacientes a uma dist?ncia da fonte menor do que 80 cm, espa?o considerado clinicamente aceit?vel.



Os aceleradores lineares, aparelhos utilizados para aumentar a velocidade e a energia de part?culas elementares carregadas (por exemplo, el?trons e pr?tons), s?o considerados, por muitos especialistas de radioterapia, a melhor solu??o para a substitui??o das bombas de cobalto. Segundo o chefe de radioterapia do Instituto Nacional do C?ncer (INCA), Carlos Manuel Mendon?a de Ara?jo, o acelerador linear funciona de maneira muito semelhante a um aparelho de Raios-X, ou seja, a radia??o somente ? produzida quando o aparelho ? ligado a uma fonte de energia el?trica, o que n?o acontece no caso da bomba de cobalto.



At? hoje, o empecilho para cl?nicas e hospitais de pequeno e m?dio porte adquirirem aceleradores lineares era o investimento. A Siemens, considerada uma das empresas que mais investe em pesquisa e desenvolvimento em todo mundo - a companhia registra cerca de 30 novas patentes por dia - criou um equipamento para substitui??o das bombas de cobalto: o Primus Essential, acelerador linear compacto, comercializado pela companhia na China, e que acaba de ser lan?ado no Brasil. O equipamento ter?, segundo seu fabricante, pre?o compat?vel ao praticado no mercado de m?quinas de telecobalterapia.



Na avalia??o de Fabio Keller, especialista em radioterapia da Siemens, o objetivo ? substituir as bombas de cobalto com efic?cia e garantir o acesso a esta tecnologia, t?o imprescind?vel para o tratamento de tumores e c?nceres, tamb?m para institui??es de sa?de de pequeno e m?dio porte.



Conforme explica o Dr. Carlos Manuel, do INCA, existe uma dose de toler?ncia para cada tecido do corpo humano, bem como para uma exposi??o no corpo total. Excedidos esse limite, o paciente poder? ter desde complica??es localizadas e at?, dependendo da intensidade de radia??o, chegar a falecer. "O Primus Essential utiliza aplica??es de f?tons, feixe de energia, com a diferen?a de limitar a ?rea de penetra??o da radia??o no tecido, como tamb?m a dose aplicada nesta regi?o", explica Keller.



Na an?lise de profissionais de radioterapia, aparelhos mais modernos como os aceleradores lineares conseguem proteger de forma mais adequada os tecidos do corpo normais, ou seja n?o afetados pelo c?ncer, e o grupo de profissionais que trabalham no servi?o de radioterapia.Com o uso de aceleradores, o mecanismo de precis?o torna-se mais seguro e a taxa de dose de radia??o ? fixa ao longo do tempo. Outra vantagem ? que os aceleradores n?o utilizam elementos at?micos que precisam ser guardados ap?s sua vida ?til. Isso n?o acontece com os aparelhos de cobalto nos quais as fontes de radia??o precisam ser devolvidas em conteiners especiais para a f?brica onde ser?o mantidos em observa??o rigorosa por tempo indeterminado.



Segundo dados publicados pelo Centro de Terapia Oncol?gica (CTO) do Rio de Janeiro, estima-se que cerca de 60 % de todos os pacientes portadores de doen?as malignas ter?o alguma indica??o de radioterapia durante o curso de sua doen?a, seja com o objetivo curativo ou paliativo.



Fonte : Siemens/Maxpress - 28/01/2005



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 840 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)