Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Crise faz governo bloquear 4,5% da saúde



02/02/2009
Diante da crise econômica, o governo Lula anunciou o bloqueio de R$ 37,2 bilhões no orçamento deste ano - 25% das despesas previstas. Na saúde, o limite de gastos de custeio caiu de R$ 44,7 bilhões para R$ 42,7 bilhões (4,5%).

O chamado "corte preventivo" reduz em R$ 14,7 bilhões, ou 30,5%, os gastos com investimentos, mas o governo disse que o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) está preservado.

O bloqueio, o maior dos últimos anos, pode ser revisto em março, quando se espera uma avaliação mais precisa da arrecadação. O presidente Lula disse que o Orçamento será olhado com responsabilidade. "Vamos gastar apenas aquilo que podemos gastar", disse.




Fonte : CFM, com informações de agências.



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 791 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)