Sindicatos Médicos:

 
Você não está logado
Entrar | Cadastrar

Entidades médicas lançam diretrizes para tratamento de problemas ortopédicos



27/11/2008
Acaba de ser lançado o 7º volume do Programa Diretrizes, da Associação Médica Brasileira (AMB) e do Conselho Federal de Medicina (CFM). São quarenta diretrizes de ortopedia e traumatologia, desenvolvidas por profissionais da Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT), com a participação de outras seis especialidades: Colégio Brasileiro de Radiologia, Associação Brasileira de Cirurgia da Mão, Sociedade Brasileira de Reumatologia, Sociedade Brasileira de Neurocirurgia, Sociedade Brasileira de Neurofisiologia Clínica e Federação Brasileira das Associações de Ginecologia e Obstetrícia.

Cerca de 80 especialistas analisaram mais de mil estudos sobre o tratamento clínico cirúrgico na área de ortopedia para chegar às diretrizes. Graças a esse esforço, a partir de agora os médicos brasileiros contam com novos e seguros padrões para as práticas adotadas em casos de entorses, lesões de ligamento, escoliose, com destaque para o diagnóstico e tratamento de fraturas, um dos temas mais aprofundados.

Segundo o presidente do Comitê de Diretrizes de Ortopedia e Traumatologia da AMB, Roberto Canto, a ênfase foi dada porque o trauma é uma das maiores causas de morte no mundo e atinge indivíduos na idade produtiva

"Sejam ortopédicos ou aqueles causados por fatores externos, como tiro, facada, batida de automóveis e queda de uma altura determinada, os traumas, de maneira geral, são a terceira maior causa de óbito na humanidade e a primeira entre adultos de 20 a 40 anos", disse Roberto Canto.

Calcados no uso das melhores evidências disponíveis, que sustentam as diretrizes, os médicos poderão oferecer diagnósticos mais eficazes e logo determinar qual a prática ou técnica cabível para cada caso de seus pacientes.

De acordo com Wanderlei Marques Bernardo, membro do Comitê Técnico do Programa Diretrizes, as diretrizes têm a finalidade de orientar ortopedistas, médicos de outras especialidades, profissionais que atuam na assistência de saúde e também o paciente.

"Está no plano do programa adequar a linguagem aos pacientes, para que eles entendam os procedimentos aos quais serão submetidos e os parâmetros que regem a prática médica que os assiste".

Programa Diretrizes

A Associação Médica Brasileira já disponibiliza no site do Programa - www.projetodiretrizes.org.br - as quarenta novas diretrizes que serão entregues impressas no próximo Congresso Brasileiro de Ortopedia.

Segundo Wanderlei Bernardo, a estimativa é de que a Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia elabore mais de 100 diretrizes, portanto outras devem ser acrescidas às recém-lançadas.

O Programa Diretrizes é uma iniciativa independente, sem patrocínios ou participações de laboratórios, indústrias da área médica ou de equipamentos. Funciona como uma ferramenta de busca para que médicos e outros profissionais de saúde, tanto da rede pública quanto privada, possam conduzir sua prática com base em procedimentos e diagnósticos cientificamente mais eficazes.

As diretrizes são atualizadas constantemente e estão disponíveis no endereço eletrônico do Programa, divididas em ordem alfabética ou por sociedade médica.






Fonte : Acontece Comunicação



Avalie este conteúdo
Se você achou esse conteúdo interessante deixe seu voto clicando no botao "gostei". Os conteúdos melhor avaliados ficam em destaque para os outros usuários.


Este conteúdo tem 1159 visitas

Para votar, você precisa estar logado no site.


Comentários


Deixe seu comentário






Digite as letras que você vê na imagem ao lado:



Interatividade
Nossos canais na Web 2.0
 
Informativo eletr�nico
Cadastre-se e receba por email as not�cias da









Caso seja mais de um amigo, separe os emails por vírgula.

Para votar, você precisa estar logado no site.


Desenvolvimento: RBW Comunicação |
© Federação Nacional dos Médicos - FENAM (2008)